quarta-feira, 1 de abril de 2009

PERSISTÊNCIA.



O mulato* Barack Hussein Obama III conseguiu um feito inédito. Como primeiro mestiço a ocupar a Casa Branca, a fez negra, abrindo caminhos para que em breve ela seja também oriental e quem sabe até silvícola. Apesar do maciço apoio da mídia, intelectuais e artistas (o que deu todo o charme necessário ao candidato) Obama jamais chegaria lá sem persistência, pois sabemos que os obstáculos que a vida impôs a ele não foram poucos nem pequenos. Este mérito é dele.

Outro presidente, também mestiço, presenteado com uma vida ainda mais dura e mais recheada de obstáculos, que nem sempre obteve apoio tão óbvio da mídia, também foi muito persistente. Quando muitas achavam que a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva seria um perpétuo fracasso, ele leva... Leva e faz história. Que persistência este garoto pobre teve...

(Não faço aqui, óbvio, apologia a partidos, candidatos ou plataformas políticas, mas apenas faço uso destas duas ilustrações contemporâneas de grande persistência.)

A palavra persistência tem estado tão persistente em minha mente nestes últimos dias que irei refletir um pouco mais nela.

Grandes homens e grande mulheres possuem muitas características em comum, sendo que uma delas é a persistência. Ninguém que realiza um grande feito, seja qual for, o realiza sem persistência, desde manter um matrimônio vivo, até erguer um império ou uma ONG.

Na vida, sempre encontraremos obstáculos. Eles fazem parte dela. Como diz um amigo: “Os problemas são inerentes à vida”. Sim, eles somente se esgotarão na morte. Posto que não queremos morrer, devemos aprender a viver com problemas, dificuldades e obstáculos. Eles simplesmente existem, aparecem, surgem volta e meia. Para vencê-los é necessário persistência. Persistir na vida. Persistir em viver.

De fato, a vida não é um conto de fadas, mas a persistência pode transformar um terreno baldio num jardim. Todo jardim é fruto do árduo trabalho de alguém – ele não se forma sozinho. Jardins atraem borboletas - já disseram. O belo nunca se forma sozinho. Filhos não se educam sozinhos, mas pela persistência dos pais. Até o idílico pôr-do-sol foi feito por alguém – nosso Pai.

Sem persistência não haveria evolução humana e você não estaria lendo estas minhas palavras transformadas em bits e bites e convertidas em imagens até centenas de quilômetros distante de mim.

Jesus nos diz que se não formos como crianças, não alcançaremos o Reino Eterno. (Aqui o paradoxo cantado em verso e prosa: “Todo mundo quer ir pro céu, mas ninguém quer morrer).

Jesus ensino que o Reino Eterno pertence às crianças. É delas. Se a elas nos assemelharmos, poderemos obter um quinhão. Muitas são as qualidades de uma criança que devem ser imitadas pelos adultos: facilidade em perdoar, facilidade em não guardar mágoas e rancores, alegria com pouco... Mas dentre outras, uma qualidade há que me chama atenção: persistência!

Criança é persistente. Caso contrário, a humanidade ainda estaria engatinhando. Mas a criança não desiste de tentar andar, mesmo levando tombos e mais tombos e até ferindo-se. Quantas vezes nós, adultos, desistimos de um sonho já nos primeiros tombos ou obstáculos... Quantas vezes achamos que a vida é uma aventura apenas para profissionais e não para amadores, como nós.

As crianças são seres super interessantes, fantasticamente simples, mas persistentes... Devemos nos espelhar nelas, aprender com elas, como ensinou Jesus, pois elas não se deixam parar pelos obstáculos, não se deixam parar por nada. Somos todos resultado de crianças persistentes. Eu ando, você também fala... E fizemos isso erro apos erro até chegarmos aqui para escrever ou ler este texto.

O livro intitulado “Eclesiastes”, escrito há quase 2.500 anos atrás, cuja autoria é dada ao Rei Salomão, fala muito da persistência e nos dá orientações práticas. (Alguns vêm nestas orientações sabedoria, as seguem e acabam por receber uma vida mais legal. Outras perdem muito tempo tentando convencer outros que não foi o Rei Salomão quem escreveu estas palavras... Por uma irrelevância, perdem oportunidades!)

No capítulo 11 deste livro podemos ler: “Quem fica esperando que o vento mude e que o tempo fique bom, nunca plantará nem colherá nada”... “Semeie de manhã e também de tarde porque você não sabe se todas as sementes crescerão bem, nem se uma crescerá melhor do que a outra.”

Semeie! Seja persistente.

Se há uma semente que jamais dará fruto é aquela que não for plantada. Plante!

Semeie em sua vida de manhã e de tarde. De alguma semente o fruto virá. De iniciativas em sua vida conjugal, profissional, emocional ou espiritual, frutos serão colhidos. A despeito dos obstáculos, seja persistente.

A persistência é mais importante do que a motivação, pois a motivação é aquilo que faz com que você queira algo e corra atrás dos seus objetivos, já a persistência faz com que você não desista. Existem muitas pessoas motivadas, mas poucas persistentes. Quantos começam um curso de idiomas, um regime, um projeto e ao primeiro obstáculo, desistem.

O teimoso insiste no erro. O persistente muda a fórmula. O teimoso é um obstinado, quase irracional, não sabe ler as dicas da vida e de Deus, teima no erro.

O Persistente sabe que sementes são feitas para germinar, por isso é perseverante.

No passado, dei muitos cursos para equipes de vendas. Apesar de que a moda neste setor é falar sobre “motivação”, sei que a persistência é que faz a diferença entre um vendedor ou empresário de sucesso e os demais.

Não tenha medo dos obstáculos, pois o medo paralisa.

Há um pensamento que diz que nos portos os navios ficam seguros, mas não foi para isso que eles foram feitos. Precisamos içar as velas e ir para o mar... Escolhendo as rotas e até alterando-as, mas sempre indo, com persistência, em direção a coisas boas e modestas. Não precisamos descobrir a América ou um novo caminho para as Índias. Basta curtir a viagem.
*Mulato no sentido de mestiço mesmo, deixando de lado toda a ideologia ancestral que transformado esta numa palavra "proibida" ou "politicamente incorreta". Não usar o termo mulato não o torna um negro. Como "o mais poderoso do mundo", Obama representa uma vitória sobre o preconceito racial.


---------------------------------------------

ARTE E PROPAGANDA!


Acho este viral abaixo muito legal! Foi uma intervenção promovida pela T-Mobile na Liverpool Station em Londres, logo de manhazinha, quando a turma vai trabalhar. Sem que o público soubesse, uma galera começa a dançar, ela vai crescendo e contagiando muitos. Foram oito semanas de planejamento e ensaios. O resultado foi um brinde à persistência.



video

8 comentários:

  1. Amei! Amei! Que o Espirito Santo de Deus continue te inspirando! Gloria a Deus por sua vida Lu! Bjs Ju

    ResponderExcluir
  2. Oi Lulu,
    Legal seu blog. Comecei lendo sobre a persistência e despertei-me para as demais que seguem na seqüência.
    É interessante e leve a forma como coloca seus pontos de vista.
    Vou continuar lendo até o fim.
    Abração
    Solange

    ResponderExcluir
  3. andei lendo seu blog e também fiz algumas reflexões.
    primeiro da propria persistencia ,que afinal acho que tenho mesmo , e nem sei o porquê;
    depois e mais importante, porque eu tenho tanta sorte na vida, de ter amigos feito voces.
    beijos grandes, obrigada pela força e por favor, se puder, continue rezando por mim.
    tereza

    ResponderExcluir
  4. Coincidência!!!

    Passei a tarde com um amigo e falamos muito sobre PERSISTÊNCIA,
    da importância da evolução espiritual, apesar dos obstáculos.

    Indicou até uns Florais para ajudar. Que tal?

    Adorei o brinde à persistência

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Ola Luciano,

    Como vai? Tudo bem? Simone e as criancas como vao?

    Por aqui agora estamos "voltando a vida normal", com os termometros comecando a registrar uma media acima de zero grau... O frio por aqui eh realmente de lascar, e eh necessario ter muita PERSISTENCIA para viver em um local onde, como os proprios canadenses dizem, ha somente duas estacoes no ano: inverno e reconstrucao.

    Gostei bastante do seu posting e acredito que talvez um segredo ainda maior do que ser persistente eh saber quando deve se mudar a formula (e nao ser apenas teimoso)...

    ResponderExcluir
  6. Prezado Luciano
    Gosto muito das suas conclusões. Tenho feito essas reflexões também e fico perplexa com quem fala de Deus como um objeto de pensamento, como se fosse o continente do tema, de um "lócus" hierárquico como razão. Isso, com pretensão de racionalidade, é simplesmente uma alucinação simplificadora. Mas quem a vive, não a percebe.
    Jane

    Jane Maria Vilas Bôas

    ResponderExcluir
  7. Será que os exemplos de Obama e Lula são mesmo questões de mérito e de persistência, ou são parte de uma estratégia pagã global? ....o diabo também é persistente, jamais desistindo de seduzir mentes, corromper idéias e desviar pessoas da verdade, nem por isso tal característica, nele, merece algum louvor...! Esses dois presidentes certamente estão muito empenhados em financiar o aborto, o homossexualismo, o aparelhamento estatal etc etc etc.....e tal persistência resultará na implantação da "era das trevas"....!

    ResponderExcluir
  8. Olá pr. Luciano,
    Como vai? td bem? acabo de acessar o seu blog .Maravilha. Benção.Agradeço a DEUS por ter levantado na metodista pastores como vc com uma nova mentalidade e que consegue transmitir tao bem aquilo que está em nosso pensamento tbm...Meu esposo e eu residimos em Caldas Novas e congregamos na metodista .estivemos por alguns anos em Taguatinga Norte com o pr. Duílio e pra.Angélica a quem muito amamos.Que DEUS continue abençoando seu ministério e sua família,Vinda à Caldas estamos à disposição.
    Graça e Paz
    Salete

    ResponderExcluir

Opa! Que legal que você quer dar a sua opinião! Ela é muito bem-vinda.